whatsapp
22 Sep

A semana em que os juros subiram

Política monetária americana seguirá apertada pelo menos até o fim de 2023. Saiba como isso afeta seus investimentos.

Confirmando as expectativas da grande maioria do mercado, o Fed (Federal Reserve), o banco central americano, elevou na quarta-feira (21) as taxas de juros em 0,75 ponto percentual para a faixa entre 3,00% e 3,25% ao ano. Mais importante do que isso, a autoridade monetária americana indicou que as taxas seguirão subindo e vão permanecer elevadas por um bom tempo. Na avaliação dos especialistas, o Fed deverá aumentar os juros até a faixa entre 4,50% e 4,75% ao ano.

 A expectativa do mercado para esse teto, conhecido pelo nome técnico de “taxa terminal”, estava ao redor de 3,75% a 4% ao ano na reunião anterior do banco central americano, realizada em agosto.A decisão confirma que o Fed abandonou de vez a leniência com a inflação. 

Os juros subiram para o nível mais alto desde o início de 2008. Foi o terceiro aumento consecutivo de 0,75 ponto percentual. A alta começou em março, quando os Fed Funds, as taxas referenciais, estavam praticamente a zero. Essa elevação de três pontos percentuais em apenas seis meses foi o aumento mais agressivo desde que o Fed começou a usar os Fed Funds para definir o custo do dinheiro, em 1990.

O dos juros já era esperado. O que não estava nas previsões é a discordância das expectativas entre os participantes do Federal Open Market Committee (Fomc). Há uma grande dispersão das expectativas: parte dos membros do Fomc espera que a taxa de juros comece a recuar no fim de 2023, e parte dos participantes acha que só será possível aliviar a pressão da política monetária no fim de 2024. “Isso indica que é pouco provável que os juros comecem a cair já em 2023, como muitos participantes do mercado esperavam”,

O MUNDO PARA VENDO OS JUROS SUBIR ,,,

Comments
* The email will not be published on the website.