whatsapp
12 Nov

Vergonha  nao  a mecanismo para barrar o Pais esta sendo destruido 

  1. Amazônia registra recorde de desmatamento para outubro

  2. Na contramão do discurso pró-ambiente adotado na Cúpula do Clima (COP-26), em Glasgow, o Brasil continua a registrar recordes em seus índices de desmatamento na Amazônia. Foi o que ocorreu no mês passado.

  3.  Dados divulgados nesta sexta-feira (12), pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), órgão do Ministério de Ciência e Tecnologia, apontam que a área de alertas de desmatamento de outubro foi a maior para o mês nos últimos sete anos. 

  4. A conservação do bioma foi destaque na abertura da conferência na Escócia e é considerada chave para evitar uma catástrofe climática.

  5. Ao todo, foram 877 quilômetros quadrados de devastação da floresta na Amazônia, um aumento de 5% em relação a outubro de 2020 e o maior índice no mês em toda a série histórica do Deter", sistema de alertas do Inpe, iniciado em 2016.

  6.  O governo Jair Bolsonaro ainda não divulgou os dados consolidados do desmatamento neste ano - o sistema PODRE  -, que também é medido pelo Inpe, de agosto de um ano a julho do ano seguinte. Tradicionalmente, essa informação é tornada pública no começo de novembro.

  7.  JA DENUCIAMOS GRANDES EMPRESAS QUE ESTAO POE DETRAS DOS DESMATAMENTO E NADA ACONTECE 

  8. Duas empresas brasileiras que são parcialmente propriedade de um grande doador do presidente dos EUA, Donald Trump, e do líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, carregam grande parte da responsabilidade pela destruição contínua da floresta amazônica ", uma carnificina que se transformou em incêndios violentos que conquistaram o mundo atenção "

  9. , A essas duas empresas são a Hidrovias do Brasil e o Pátria Investimentos (que detém mais de 50% da Hidrovias), ambas  pertencentes à grande empresa de investimentos norte-americana Blackstone, cujo cofundador e CEO é Stephen Schwarzman , um aliado próximo da Trump, a quem Ele doou milhões de dólares para a causa deles nos últimos anos.

    Estrutura societária da Hidrovias do BrasiL

    Essas empresas "tomaram o controle" de várias parcelas de terra na floresta amazônica,  desmataram-nas e ajudaram a construir uma polêmica rodovia para seu novo terminal marítimo em Miritituba, no estado brasileiro do Pará, a fim de facilitar o cultivo. E a exportação de grãos e soja, sugere o artigo.

  10. O terminal é administrado pela Hidrovias do Brasil e permite que os produtores carreguem a soja em barcaças, que a transportam até um porto maior e, de lá, a enviam para todas as partes do mundo.

    Uma estrada polêmica

    A Hidrovias do Brasil anunciou no início de 2016 que em breve começaria a transportar soja do estado de Mato Grosso ao longo da rodovia BR-163, que na época não era pavimentada em grande parte. ]

  11. No entanto, a empresa disse que pretende melhorá-lo e desenvolvê-lo.Na primavera de 2019, o governo de Jair Bolsonaro anunciou que a Hidrovias do Brasil seria parceira na privatização e desenvolvimento de centenas de quilômetros da rodovia BR-163 . “O próprio desenvolvimento da rodovia causa desmatamento , mas, mais importante, ajuda a possibilitar uma transformação mais ampla da Amazônia TUDO A CUSTA DA GANANCIA E GIVERNO QUE TRAEM A PATRIA ,,

Comments
* The email will not be published on the website.