whatsapp
08 Mar

Ameaças nucleares de Putin gera corrida por de iodo na Europa


  1. Os europeus estão esvaziando os estoques de iodo das farmácias para se proteger contra a radiação depois que o presidente russo, Vladimir Putin, invadiu a Ucrânia e fez ameaças nucleares veladas.


    No início do ataque de 24 de fevereiro à Ucrânia, Putin advertiu eufemisticamente em um discurso televisionado que usaria armas nucleares se outros países interviessem, reacendendo os temores de destruição atômica da Guerra Fria.

  2. Poucos dias depois, em uma escalada dramática, Putin anunciou que estava colocando as forças nucleares da Rússia em alerta máximo em resposta à imposição de sanções abrangentes pelo Ocidente ao seu país.“ 

  3. Nos últimos seis dias, as farmácias búlgaras venderam tanto [iodo] quanto venderam por um ano”, disse Nikolay Kostov, presidente do Sindicato das Farmácias. “Algumas farmácias já estão esgotadas. Encomendamos novas quantidades, mas temo que não durem muito tempo.


    A Organização Mundial da Saúde recomenda que crianças, gestantes e pessoas com menos de 40 anos tomem iodo, também conhecido como iodeto de potássio, para proteger a tireoide da exposição à radiação após um acidente nuclear. Ao tomar iodeto de potássio, a substância bloqueia a glândula tireóide de absorver iodeto radioativo, que pode causar câncer 

  4. .Após o desastre da usina nuclear de Fukushima em 2011, as autoridades japonesas incentivaram as pessoas que moravam nas proximidades a tomar iodo.  

  5. Mas estocar as pílulas pode fazer pouco bem às pessoas no clima atual.A chefe do Escritório de Estado Tcheco para Segurança Nuclear, Dana Drabova, alertou no Twitter que o iodo não ajudaria no caso de uma guerra nuclear, onde as pessoas seriam potencialmente expostas a níveis extraordinariamente altos de radiação.

  6. “Você pergunta muito sobre comprimidos de iodo”, ela escreveu “Como proteção contra radiação quando (Deus me livre) armas nucleares forem usadas, elas são basicamente inúteis”

  7. .A demanda por iodo também aumentou na Croácia, e os médicos alertaram as pessoas de que o mineral apresenta riscos à saúde, informou o Barron’s.

  8. “Os (comprimidos de iodo) podem causar sérios efeitos colaterais”, diz um comunicado divulgado pela Câmara Médica Croata. As pílulas podem afetar adversamente a função da glândula tireóide e causar reações alérgicas, de acordo com a revista de notícias financeiras.Muitas pessoas receberam iodo após o desastre da usina nuclear de Chernobyl, em 1986, que enviou uma nuvem radioativa por toda a Europa. 

  9. Os militares russos varreram o local contaminado no primeiro dia da invasão e capturaram a usina nuclear desativada, perturbando o solo e aumentando os níveis de radiação na área, de acordo com a Agência Internacional de Energia Atômica da ONU

Comments
* The email will not be published on the website.