whatsapp
24 Oct

Vaza áudio de dono do banco BTG Bactual assumindo influenciar decisões na Câmara e no

Preso na Lava Jato, Esteves diz que sempre liga para Guedes

O banqueiro foi afastado do comando do BTG Pactual em 2015, sob suspeita de tentar obstruir as investigações da operação

O ministro da Economia, Paulo Guedes, foi rápido ao tentar desfazer uma saia justa em evento internacional . Em debate organizado pelo Milken Institute, o sócio do BTG Pactual, André Esteves, comentou que "sempre liga" para o ministro para conversar sobre as reações do mercado, mas Guedes imediatamente negou que tenha conversas frequentes com o banqueiro.
 Central

O banqueiro fala no áudio sobre sua influência nas decisões que são tomadas nas esferas do poder

Um áudio inédito do banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual, revela como pensa o homem mais poderoso do Brasil, que, num ato falho, foi apresentado por Paulo Guedes, ministro da Economia, como novo secretário do Tesouro Nacional.Na conversa com clientes do banco, que foi gravada e obtida pelo 247, Esteves ataca a ex-presidente Dilma Rousseff, elogia Michel Temer e diz que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, o procurou no dia em que vários secretários de Paulo Guedes pediram demissão. Além de dono do BTG Pactual, Esteves é também dono da Editora Abril, que publica Veja e Exame, embora assuma ser dono apenas da revista econômica.No áudio, ele diz que o Brasil está barato e que a moeda brasileira está excessivamente desvalorizada. Na conversa, ele fala praticamente como dono do Brasil e diz que, mesmo com eventual vitória do ex-presidente Lula, teremos “dois anos de Roberto Campos Neto”, presidente do Banco Central. Sobre as eleições presidenciais de 2022, ele diz que Jair Bolsonaro é favorito desde que fique calado. Lula, na sua visão, terá chances caso se movimente em direção ao centro e se aproxime de um nome como Henrique Meirelles, mas revela sua preferência pelo PSDB. Confira toda a fala de André Esteves:

Desde que entrei no governo nos falamos no máximo quatro vezes e sempre foram conversas em tom público. É preciso dizer isso, porque no Brasil há um histórico de conversas não republicanas e casos de autoridades que passaram informações privilegiadas a pessoas do mercado. Não é o nosso caso. As poucas conversas que tivemos poderiam ter sido gravadas e divulgadas sem nenhum problema", afirmou.

Guedes foi um dos fundadores do BTG Pactual, em 1983, ao lado dos economistas Luiz Cezar Fernandes e André Jacurski. O ministro participou nesta terça de evento organizado pelo Milken Institute, que não constava da agenda oficial nem havia sido informado pela assessoria da pasta.André Esteves foi afastado do bloco de controle do banco em 2015, quando ficou preso em Bangu por 23 dias, sob suspeita de tentar obstruir as investigações da Lava Jato. Em dezembro de 2018, depois de ser absolvido, a pedido do próprio Ministério Público Federal, por falta de provas, o bilionário voltou à condição de controlador do BTG.


Comments
* The email will not be published on the website.