whatsapp
01 Dec

Candidato de extrema direita do Chile faz tour pelos EUA

Encontro com empresários e reuniões em organizações conservadoras marcam agenda de Kast


José Antonio Kast, candidato de extrema direita que está no segundo turno das eleições presidenciais do Chile, cumpre agenda nos Estados Unidos nesta semana.

 De acordo com , o político defensor do ditador Augusto Pinochet busca "afastar preocupações" de que seria um "extremista".Kast embarcou para os Estados Unidos na segunda-feira (29) e já teve uma reunião com o senador republicano Marco Rubio, congressista aliado do ex-presidente Donald Trump e inimigo declarado dos governos de Venezuela e Cuba. 

Rubio é defensor do porte de armas e milita contra a regulamentação do aborto e o matrimônio homoafetivo."Discutimos diversos temas de interesse internacional e muito interessantes para o que pode ser o futuro do Chile", afirmou Kast após o encontro com Rubio.

O candidato, que já foi chamado de "Bolsonaro chileno", também teve agendas previstas nas organizações conservadores Inter American Dialogue e Conselho das Américas (Council Of Americas).Em 2017, o então deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro também fez um tour pelos Estados Unidos e teve agenda com empresários e encontro no Conselho das Américas.

O jornal digital chileno revelou que Kast almoçou em Washington com líderes empresarias. Participaram do encontro María Paulina Uribe, gerente de marketing da PepsiCo, Joel Velasco, vice-presidente da Unitedhealth Group, e Isa Kort, ex-representante do Chile na Organização dos Estados Americanos (OEA).

O Unitedhealth Group é um conglomerado do setor de saúde com presença no Chile, Peru e Colômbia. O grupo empresarial controla 13 hospitais e 143 centros médicos.Apesar de ter conquistado mais votos no primeiro turno, Kast, de acordo está atrás do candidato de esquerda Gabriel Boric. O Chile realiza o segundo turno de suas eleições presidenciais no dia 19 de dezembro

Comments
* The email will not be published on the website.