whatsapp
02 Mar

China manterá relações comerciais com a Rússia

Pequim continuará importando gás natural russo enquanto se opõe a sanções internacionais

  1. A China manterá relações comerciais normais com a Rússia apesar das sanções internacionais, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, nesta terça-feira, durante uma coletiva de imprensa regular. 

  2. “A China e a Rússia continuarão a realizar uma cooperação comercial normal seguindo o espírito de respeito mútuo, igualdade e benefício mútuo”,

  3. ele .Segundo o porta-voz, a posição da China foi opor-se a quaisquer sanções unilaterais “ impostas ilegalmente ”, acreditando que “as ações não são uma solução eficaz para resolver os problemas

  4. .A declaração de terça-feira repete as feitas durante uma coletiva de imprensa na segunda-feira. Respondendo a uma pergunta de um jornalista da Reuters sobre a China comprar energia e outras commodities da Rússia após as recentes sanções, Wang Wenbin disse que os dois países devem “ continuar a conduzir uma cooperação comercial normal ”, 

  5. .Durante a entrevista coletiva, o porta-voz também afirmou que a posição da China sobre o conflito na Ucrânia não mudou. Respondendo a uma pergunta sobre ajuda humanitária, ele disse que a China está “ pronta para desempenhar um papel construtivo para aliviar a situação na Ucrânia ” 

  6. .Falando na segunda-feira em uma sessão de emergência da ONU, o representante permanente da China, Zhang Jun,  

  7. O  que é possível resolver o conflito entre a Rússia e a Ucrânia por meio de diálogo direto e negociações. 

  8. No início de 2022, o presidente russo Vladimir Putin e seu colega chinês Xi Jinping emitiram uma declaração conjunta pedindo a suspensão da expansão da OTAN, à qual Moscou se opôs e tentou mitigar através da obtenção de garantias de segurança do bloco militar liderado pelos EUA. 

  9. A Rússia lançou um ataque à Ucrânia na quinta-feira passada, alegando que teve que usar a força para impedir os ataques ucranianos contra as regiões separatistas de Donetsk e Lugansk, e para desmilitarizar e “desnazificar” o país. agressão. 

  10.  As sanções ocidentais impostas contra Moscou em retaliação pretendem impactar seriamente a economia da Rússia.

Comments
* The email will not be published on the website.