whatsapp
23 Mar

Combate ao racismo e o sistema tributário brasileiro

Sistema acentua desigualdade ao tributar mais aqueles que têm menos condições de contribuir: negras e negros


A DESORDEM BRASILERIA 

O papel do Sistema Tributário brasileiro na desigualdade de raça e gênero


  1. Entre os 10% mais pobres da população, 75,2% são negros, segundo dados do IBGE divulgados em 2019. 

  2. Ainda segundo o órgão, a desigualdade racial no mercado de trabalho também foi acentuada com a crise provocada pela pandemia. O nível de ocupação caiu mais drasticamente entre pessoas pretas, e mais demissões em massa ocorreram nos setores de comércio e serviços, nos quais eles são maioria.

    Renda, tributação e desproporcionalidade

    Com salários mais baixos, menor acesso à educação e altos níveis de desemprego, pessoas negras são prejudicadas ainda por taxas inevitáveis. “

  3. O consumo de produtos essenciais não pode ser interrompido. Como não há progressividade na tributação sobre o consumo, ou seja, apenas uma tributação é considerada para todas as classes econômicas, os tributos indiretos, como

  4.  tomam parte significativa de rendas mais baixas”, 

  5.  explica.  

  6. Portanto, o resultado é um impacto muito maior para pessoas pobres, que são, em sua maioria, pessoas negras.Problemas relativos à cobrança de impostos são apenas uma face da disparidade de riqueza entre ricos e pobres. “

  7. A desigualdade sobre tributação gera necessidade de reforma do sistema, e uma possível solução é redistribuí-la de acordo com a renda”, 

  8. . A ideia é que a maior porcentagem de impostos seja cobrado de pessoas no topo da pirâmide financeira, reduzindo a discrepância no impacto que o Imposto de Renda tem sobre a base.

Comments
* The email will not be published on the website.