whatsapp
12 Aug

Dúvidas sobre a urna eletrônica: como funciona o sistema?

  1. Às portas das eleições gerais deste ano, a segurança do sistema eleitoral brasileiro vem sendo posta em dúvida por críticos das urnas eletrônicas.

  2.  Um deles , o chefe de Estado fez uma série de alegações sobre o sistema eleitoral brasileiro, que foram prontamente rebatidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).Mas o quão passíveis de fraude são as urnas eletrônicas? E como elas funcionam? Para responder essas questões, a Sputnik Brasil conversou com Rodrigo Coimbra, chefe da Seção de Voto Informatizado do TSE, e Raphael D. Pinheiro, engenheiro de software.

  3. Questionado sobre se as urnas eletrônicas são, de fato, seguras, Rodrigo Coimbra é categórico ao afirmar que sim. Ele destaca que "desde que o Brasil passou a utilizar as urnas eletrônicas, em 1996, nunca houve um só relato de fraude nas votações, o que demonstra a segurança e lisura das eleições realizadas no país".'19 de julho, 17:05

  4. Nunca houve qualquer perícia da Polícia Federal que chegasse à conclusão de fraude no processo eleitoral. Pelo contrário, sempre foi atestado o correto funcionamento do sistema", explica Coimbra.Ele aponta que essa segurança é garantida pelos mecanismos presentes no software e no hardware das urnas eletrônicas —

  5.  que contam com mais de 30 barreiras de segurança contra tentativas de invasão. Dois desses mecanismos são: a criptografia, que impede que um eventual hacker tenha acesso a dados do eleitor ou do sistema; e a assinatura digital, que garante que o arquivo digital da urna não foi modificado, seja de forma intencional ou não.Segundo Coimbra,

  6.  qualquer tentativa de furar essa barreira de segurança seria detectada e resultaria na paralisação da urna.

Comments
* The email will not be published on the website.