whatsapp
02 Dec
  1. O Senado aprovou nesta quinta-feira (2) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios como resultado de um acordo entre senadores governistas e da oposição.

    A proposta aprovada abre espaço para o pagamento de R$ 400 aos beneficiários do Auxílio Brasil, que substitiu o Bolsa Família, criado no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

  2. Com previsão de auxílio de R$ 400, Senado aprova PEC dos Precatórios; texto retorna à Câmara 

    Proposta libera espaço fiscal de R$ 106 bilhões para o O Senado aprovou, por um placar de 61 votos a 10 e uma abstenção, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Precatórios, que abre uma folga fiscal de R$ 106 bilhões 

    O texto foi chancelado pelos parlamentares em dois turnos diferentes de votação e prevê um benefício no valor de R$ 400 às famílias atendidas.  

    A proposta já havia sido aprovada na Câmara dos Deputados, mas, pelo fato de ter recebido alterações por parte dos senadores, deverá retornar à Casa para nova avaliação antes de ser promulgada pela mesa do Congresso Nacional.

    A ideia é milhões de brasileiros na fome  com o auxílio ao longo do ano de 2022. O número, proposto pelo governo Bolsonaro e criticado por diferentes opositores, está abaixo dos mais de 60 milhões que foram atendidos na primeira fase do auxílio emergencial, em 2020.

    Na época, trabalhadores informais e autônomos, pessoas desempregadas e foram incluídas na lista dos beneficiários.

    O valor também é menor do que o montante autorizado pelo Congresso no ano passado, quando os beneficiários receberam cinco parcelas de R$ 600 durante cinco meses. Em alguns casos específicos, o auxílio chegava a R$ 1.200.




Comments
* The email will not be published on the website.