whatsapp
21 Sep
  1. Bolsonaro mente e distorce dados em discurso na abertura da Assembleia Geral da ONU

    Em Nova Iorque, presidente brasileiro falou por 13 minutos sobre temas como meio ambiente, indígenas e pandemia

  2. o chefe de Estado brasileiro declarou oficialmente na abertura do evento que "os recursos para fiscalização, nos órgãos ambientais, foram dobrados. E os resultados já começam a aparecer.”

    Em abril, o governo aprovou corte de 24% no orçamento do meio ambiente para 2021 em relação ao ano passado.

    Bolsonaro também mentiu sobre dados de desmatamento na Amazônia em agosto. Ele falou em 32% de redução em relação ao mesmo mês de 2020. Segundo o Imazon, houve aumento de 7%, um recorde desde 2012.

    “Nenhum país do mundo possui uma legislação ambiental tão completa quanto a nossa. Nossa agricultura é sustentável e de baixo carbono", afirmou o presidente brasileiro.

    O discurso reforçou a polarização política interna.

    “Estávamos à beira do socialismo. Apresento agora um novo Brasil, com credibilidade reconhecida em todo o mundo”, disse o presidente.

    Bolsonaro afirmou ainda que “indígenas desejam utilizar suas terras para agricultura e outras atividades.”

    Sobre a pandemia, ele disse que sempre defendeu "combater o vírus e o desemprego com a mesma responsabilidade."

    Para ele, “as medidas de lockdown deixaram um legado de inflação”, e pessoas foram "obrigadas a ficar em casa" por prefeitos e governadores.


    Bolsonaro foi obrigado a usar marcará 

    O discurso durou, ao todo, 13 minutos.

    Jair Bolsonaro valorizou os números da vacinação no Brasil, embora nunca tenha feito um pronunciamento incentivando os cidadãos a se imunizarem. 

    "Fiz tratamento inicial [contra a covid]. Nosso governo é contra a vacinação obrigatória", ressaltou.

    “Meu governo recuperou a credibilidade, e hoje o Brasil se apresenta como um dos melhores destinos para investimentos.”*

  3. Onde isso aconteceu em lugar nenhum vergonha e a nação acreditada 

Comments
* The email will not be published on the website.