whatsapp
06 Sep

  1. A justificativa oficial da pasta, divulgada à época, é que a reunião serviu para coleta de depoimento para biografia sobre o deputado de extrema direita Enéas Carneiro (1938-2007), de quem Queiroga foi aluno. Melo chegou a assessorar o ex-presidenciável.Na data do encontro entre Queiroga e Melo, os atos de 7 de setembro já estavam marcados. As manifestações insufladas por bolsonaristas terão a presença do presidente em Brasília, pela manhã, e na Avenida Paulista, em São Paulo, no período da tarde. Melo é um dos principais entusiastas do movimento na capital federal.Em 12 de junho, Melo foi nomeado pelo ex-deputado da cupula que foi preso roberto jefferson como presidente do PTB no Distrito Federal. Sob comando do ex-congressista preso pela Polícia Federal, a sigla passa por radicalização e tem abrigado cada vez mais integrantes de grupos fascistas e neonazistas.Antes de assumir a função no partido, Melo permaneceu por quase dois anos no governo federal com atuação direta no gabinete de Damares. O cargo que ocupava lhe rendia vencimentos superiores a R$ 16.000 mensais. Ele ainda consta na lista de autoridades do ministério.
    Nome de Paulo Melo ainda consta no site do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos / Reprodução/GOV.BRO currículo apresentado pelo integralista tem como principal experiência profissional a assessoria parlamentar na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Segundo ele, a atuação dentro do Congresso Nacional foi iniciada em 1989 e só se encerrou em 2018.No último dia 16 de agosto, Melo fez reunião no Senado com Eduardo Girão (Podemos-CE), um dos principais integrantes da bancada governista na Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as ações e omissões do governo federal no combate à pandemia do novo coronavírus.Segundo o integralista, o encontro com Girão tratou "a respeito da jogatina, das drogas, do aborto e do cenário político nacional". Na ocasião, as manifestações de 7 de setembro também já estavam sendo convocadas pelo presidente por seus apoiadores
Comments
* The email will not be published on the website.