whatsapp
01 Apr
  1. O aumento dos preços no mundo ameaça desencadear uma nova recessão

  2. Há pouca dúvida de que a inflação vai ficar mais alta por mais tempo... Um novo aumento nos preços do gás tornaria a destruição da demanda mais generalizada", disse um especialista britânico

  3. Os preços de algumas das commodities mais importantes do mundo – alimentos, combustíveis, plásticos, metais – estão subindo mais do que muitos consumidores podem pagar, forçando muitas famílias a cortar. E se essa tendência se acelerar, isso pode desencadear uma nova recessão, 


    Referindo-se aos dados da ONU, a agência observa que os preços mundiais dos alimentos bateram recorde em fevereiro, desde que a operação russa na Ucrânia interrompeu o abastecimento de países que juntos fornecem um quarto dos grãos e cereais e a maior parte do óleo de cozinha do mundo.  

  4. Além disso, na Europa as contas de eletricidade estão subindo rapidamente devido à dependência do fornecimento de energia russo.  

  5. Os preços do gás natural no continente são seis vezes mais altos do que há um ano, e a eletricidade é quase cinco vezes mais cara. 

  6. Ao mesmo tempo, não apenas os preços das commodities são afetados. De acordo com o artigo, devido ao aumento dos custos de energia e alimentos, as famílias nos países desenvolvidos também precisariam reduzir os gastos com recreação, como entretenimento noturno, férias, compras de gadgets e muito mais. 

    O que vai acontecer à seguir?

    Kenneth Medlock, diretor do Center for Energy Studies do Baker Institute for Public Policy da Rice University (EUA), afirmou que o aumento dos preços "é um sinal do que pode se tornar uma recessão". 

  7. De sua parte, James Smith, economista de mercados desenvolvidos do ING com sede em Londres, disse que "há poucas dúvidas de que a inflação permanecerá mais alta por mais tempo". 

  8. "Um novo aumento nos preços do gás faria com que a destruição da demanda fosse generalizada", BIDEN ENTAO LIBERA UMA PARTE DAS RESERVA PARA CONTER O AUMENTO DO PRECO DA GASOLINA ,,

Comments
* The email will not be published on the website.