whatsapp
29 Mar

Ações da Petrobras sobem com novo presidente e notícia sobre privatização

Investidores avaliam que novo comando da estatal não mexerá no valor da gasolina e priorizará lucro da companhia  

O SISTEMA JOGA PRA GANHAR E O POVO SO SE FERRA E NAO ACORDA ,,

  1. As ações da Petrobras negociadas na Bolsa de São Paulo subiram no primeiro pregão após o governo indicar o economista Adriano Pires à presidência da estatal. .Nesta terça-feira (29), as ações preferenciais da Petrobras – aquelas cujo detentor tem preferência para receber participações nos lucros –


  1.  subiram 2,47%, fechando cotadas a R$ 32,36. Já as ações ordinárias – que dão direito a voto – subiram 1,09%, cotadas a R$ 34,50.Adriano Pires só deve assumir a presidência da Petrobras após assembleia geral da companhia, marcada para o próximo dia 13. 

  2.  Até lá, segue no comando da empresa o general da reserva Joaquim Silva e Luna, que chegou à Petrobras há menos de um ano.  em março. 

  3. O reajuste – o maior em mais de um ano – aumentou a insatisfação da população com o governo faltando menos de um ano para a eleição.De acordo com o economista Eric Gil Dantas, do Observatório Social da Petrobras (OSP), Bolsonaro demitiu Silva e Luna como um sinal a eleitores de que ele está preocupado com o preço dos combustíveis. 

  4. A reação de investidores à indicação de Adriano Pires ao posto mais alto da estatal aponta que, apesar dessa sinalização, nada de concreto sobre o preço dos combustíveis ocorrerá no curto prazo, preservando, assim, o lucro da Petrobras e os dividendos de seus acionistas. 

  5. Colaborou também com o ânimo de investidores a notícia de que o presidente Bolsonaro teria prometido a Adriano Pires agir pela privatização da Petrobras caso seja reeleito. A promessa foi relatada por

  6. .Segundo Faria, Bolsonaro teria dito a Pires antes de indicá-lo à presidência da estatal que a companhia lhe dá “muita dor de cabeça”.Pires já defendeu a privatização da Petrobras. A Federação Única dos Petroleiros (FUP) acredita que ele assuma a companhia para vendê-la.O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a privatização da Petrobras não está na agenda do governo. 

  7. Presidente demissionário 

  8. O general Silva e Luna, ainda como presidente da Petrobras, participou nesta terça de um evento em Brasília e afirmou que a política de preços da estatal segue regras de mercado.Segundo ele, desde que o Brasil acabou com o monopólio no setor de óleo e gás, há 25 anos, a Petrobras passou a ser obrigada a atuar em concorrência com outras companhias. Ele, aliás, disse que esse comportamento da Petrobras é exigido em lei.

Comments
* The email will not be published on the website.