whatsapp
28 Feb

O preço do gás natural na Europa subiu 35% na abertura do pregão de segunda-feira, mostram dados da Bolsa de Valores de Londres ICE.

 Os custos mais altos de energia estão sendo impulsionados por preocupações com o fornecimento devido a sanções contra Moscou relacionadas ao conflito na Ucrânia.A Rússia fornece cerca de 40% do suprimento de gás do continente.Os futuros de abril no hub TTF na Holanda saltaram para US$ 1.454 por 1.000 metros cúbicos.

O aumento nos preços ocorre em meio a amplas sanções anti-Rússia introduzidas na semana passada pelos EUA, UE, Grã-Bretanha e vários outros estados depois que Moscou lançou uma operação especial de “ desmilitarização ” na Ucrânia, vista pelo Ocidente como um ato de agressão. 

.Para adicionar combustível a esse incêndio, a supermajor de petróleo e gás do Reino Unido, a BP, anunciou na segunda-feira que está deixando a empresa russa de energia Rosneft, também em protesto contra a operação na Ucrânia.Analistas do setor temem que a situação possa causar uma interrupção no fornecimento de gás russo ao mercado global

Comments
* The email will not be published on the website.