whatsapp
07 Dec

No espectro político, a esquerda se caracteriza pela defesa de uma maior igualdade social. 

Normalmente, envolve uma preocupação com os cidadãos que são considerados em desvantagem em relação aos outros e uma suposição de que há desigualdades injustificadas que devem ser reduzidas ou abolidas

Quem são os esquerdistas no Brasil?

Há um consenso geral de que a esquerda inclui progressistas, sociais-liberais, ambientalistas, social-democratas, democrático-socialistas, libertários socialistas, secularistas, socialistas, comunistas e anarquistas, enquanto a direita inclui neoliberais, económico-libertários, conservadores, reacionários,

 

O que é a Esquerda:

Esquerda é o termo usado para denominar um posicionamento político, partidário e ideológico que tem como principal objetivo a defesa de interesses de grupos sociais e de igualitarismo.Do ponto de vista político, quando se diz que uma pessoa é de esquerda significa que esta concorda e compactua com os posicionamentos ideológicos deste espectro político.

O que a esquerda defende?

A ideologia política de esquerda defende que o controle feito Estado, através dos seus governos, é a solução para que exista igualdade entre os cidadãos.De acordo com essa ideia, o Estado deve controlar o funcionamento de vários setores da sociedade, além de ser responsável por proporcionar educação, saúde, trabalho e outros direitos básicos aos cidadãos. 

A ideologia de esquerda defende, principalmente, as classes sociais menos favorecidas na sociedade, ou seja, aquelas que necessitam de mais atenção e serviços públicos.Os grupos de esquerda também são conhecidos por apoiarem sistemas de reformas sociais, como o socialismo e o comunismo.

Origem da esquerda no cenário político

A origem do termo “esquerda”, como um posicionamento político-ideológico, surgiu durante as Assembleias Constituintes francesas do século XVIII.Nessas sessões, havia a clara separação entre os grupos burgueses e conservadores, que sentavam do lado direito na Assembleia, por não gostarem da participação dos grupos populares. As pessoas que pertenciam às classes mais humildes, e que eram adeptas do revolucionismo, ficavam do lado esquerdo da sala

.A partir deste cenário, o termo “esquerda” passou a simbolizar o ideal de luta pelos direitos populares e pelos trabalhadores e a “direita” virou sinônimo de conservadorismo e elitismo.



Esquerda e direita atualmente

Com o passar do tempo as definições de esquerda e direita foram se transformando e ganharam novas interpretações. Atualmente, a definição de um posicionamento político é mais complexa do que a antiga divisão entre esquerda e direita, porque surgiram variações desses conceitos, de acordo com os pensamentos políticos de cada grupo.

No cenário atual, as variações, chamadas de espectro político, podem ir de extrema-esquerda, esquerda, centro-esquerda, centro, centro-direita, direita até extrema-direita. Essa classificação também é conhecida como régua ideológica.

Muitas vezes o termo esquerda também é usado para se referir a um grupo partidário que se opõe ao partido político que está no poder. Assim, muitas vezes, direita pode ser o nome dado para grupos partidários que apoiam o grupo político que está no governo.Além disso, surgiram outras ramificações dos posicionamentos de esquerda e direita, em diferentes níveis. 

Partidos de esquerda, conforme suas variações ideológicas, podem englobar os social-democratas, os socialistas democráticos, os ambientalistas e os progressistas. 

Os autoritários e igualitários podem ser exemplos de partidos de extrema esquerda.Já os partidos de direita normalmente envolvem os conservadores, os democratas-cristãos, os liberais e os nacionalistas. Os grupos extremistas de direita defendem o ditatorialismo, como o nazismo e o fascismo, 

Robert


Comments
* The email will not be published on the website.